Pedro Silva venceu o Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães / Troféu José Martins

Pedro Silva (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact) venceu o Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães / Troféu José Martins, chegando à linha de meta na companhia do seu colega de equipa João Carvalho. Organizada pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Federação Portuguesa de Ciclismo, com o apoio da Câmara Municipal de Fafe, a corrida também foi pontuável para a Taça de Portugal de Cadetes e para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada - Arrecadações da Quintã.

Propedalar @ 11-5-2017 17:06:01

Com início e final em Golães (Fafe), o percurso do Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães / Troféu José Martins incluiu passagens pelos concelhos de Fafe, Guimarães, Felgueiras e Póvoa de Lanhoso, numa extensão total de 74,2 kms que foi cumprida por um pelotão de mais de 60 jovens ciclistas.

A corrida de ciclismo proporcionou um excelente espetáculo desportivo, onde não faltaram momentos de grande competitividade. Pompeu Martins (Vice-Presidente da Câmara Municipal de Fafe), Filipe Silva (Presidente da Junta de Freguesia de Golães), Sérgio Sousa (ex-ciclista e dirigente da Federação Portuguesa de Ciclismo), assim como os sócios honorários e de mérito da ACM José Martins, José Luís Galdamez, Manuel Castro e Francisco Rocha foram algumas das individualidades que marcaram presença na competição organizada conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Federação Portuguesa de Ciclismo com o apoio da Câmara Municipal de Fafe.

As várias tentativas de fuga e as movimentações constantes no grupo principal de corredores, assim como as dificuldades do percurso, fizeram com que o pelotão chegasse fracionado ao termo da prova. Pedro Silva e João Carvalho, ambos da equipa Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact, chegaram isolados à meta, depois da seletiva subida final.

Pedro Silva e João Carvalho cumpriram o percurso à média de 38,468 km/h, cortando a meta isolados com a vantagem de cinco segundos para o segundo classificado, Daniel Dias (Maia). O quarto classificado foi João Silva (C.C.Barcelos/ AFF /Orbea / Onda), a 19 segundos do vencedor, seguindo-se na classificação final Marco Marques (Tensai / Sambiental / Santa Marta), Manuel Barbosa (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact), João Martins (C.C.Barcelos/ AFF /Orbea / Onda), João Almeida (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact), Edgar Santos (Maia) e Flávio Fernandes (Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact).

A classificação por equipas foi ganha pela formação Seissa | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | Frulact, seguindo-se as formações C.C.Barcelos/ AFF /Orbea / Onda e Maia.

O Prémio Junta de Freguesia de Golães / Troféu José Martins foi organizado pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Federação Portuguesa de Ciclismo, contando com o patrocínio da Câmara Municipal de Fafe e o apoio da Freguesia de Golães, Bombeiros Voluntários de Fafe, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma - Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, Controsafe, AFAcycles, Jopedois, Fafefuel, Guimarpeixe, Auto Terror e Ciclismo a fundo (revista oficial).

Nos últimos anos Golães tem acolhido competições de ciclismo regulares organizadas pela Associação de Ciclismo do Minho com o apoio da Câmara Municipal de Fafe. Além disso, em 2009, numa jornada impagável da memória, a Associação de Ciclismo do Minho promoveu no final do Troféu José Martins / Taça de Portugal de Juniores a apresentação do livro “A Magia do Tour - Participação dos corredores portugueses” escrito a quatro mãos por Alves Barbosa e José Magalhães Castela que marcaram presença na iniciativa. Também nesse ano de 2009, a Câmara Municipal de Fafe e a Junta de Freguesia de Golães homenagearam no final da prova José Martins e o seu irmão Manuel Martins, igualmente ex-ciclista.

Mais recentemente, a Associação de Ciclismo do Minho promoveu em 2014, aquando da habitual prova de ciclismo, uma cerimónia de entrega de distinções a dirigentes desportivos de Fafe em reconhecimento pelo mérito do desempenho de funções associativas ao longo de mais de três décadas. Na sequência da deliberação da Assembleia-Geral, a ACM entregou a distinção de Presidente Honorário aos fafenses Manuel Fernandes Castro e Jorge Filipe Gonçalves e de Vice-Presidente Honorário a Francisco Orlando Marinho, enaltecendo os relevantes serviços prestados ao Ciclismo e à Associação de Ciclismo do Minho.

Recorde-se ainda que a Associação de Ciclismo do Minho atribuiu à Câmara Municipal de Fafe o título de sócia honorária em reunião da Assembleia-Geral que aprovou a proposta da Direção por unanimidade e aclamação. Subscrita pela Direção da Associação de Ciclismo do Minho a proposta aprovada pela Assembleia Geral afirma que “Fafe é um importante pólo de desenvolvimento do ciclismo onde se encontra sempre, em especial por parte da autarquia, cooperação e sensibilidade para colaborar na implementação de vários projetos da modalidade”.

O documento refere que “para além do apoio ao ciclismo na década de 60, nos inícios de 1977 Fafe esteve na génese da Associação de Ciclismo do Minho quando um grupo de amantes da modalidade avançou para o apoio às equipas de ciclismo existentes (entre as quais a Associação Desportiva de Fafe) e lançou as bases para a criação da ACM na qual se viria também a filiar nesse mesmo ano o Grupo Nuno Álvares – Fafe. Desde então, o apoio de Fafe à modalidade não tem cessado, acolhendo o concelho inúmeros e importantes eventos de ciclismo por onde têm desfilado promessas e certezas do ciclismo”.

“Fafe não faz apenas parte da história da ACM, Fafe faz parte da história do ciclismo nacional, tendo germinado naquele concelho uma peculiar e entusiástica forma de sentir e viver o ciclismo. Em Fafe surgiu também ao longo dos anos uma grande comunidade que estabeleceu uma íntima relação com a modalidade, tanto como adeptos, como nas funções de atletas, treinadores, mecânicos, árbitros, dirigentes e patrocinadores, entre outras”, sustentou a Direção da ACM na proposta analisada e aprovada pela Assembleia Geral.

Segundo os dirigentes minhotos que subscreveram o documento, “para esta realidade que orgulha a ACM e o ciclismo, auxiliou e auxilia bastante a Câmara Municipal de Fafe que há mais de 25 anos e de forma ininterrupta apoia regularmente o ciclismo e a Associação de Ciclismo do Minho, incentivando a prática desportiva e contribuindo para a promoção do concelho de Fafe e das suas potencialidades”.

A terminar, a proposta afirma que “considerando que a gratidão e a valorização dos contributos para a modalidade é algo ao qual não devemos renunciar e que só conseguiremos construir o futuro se respeitarmos o passado e se soubermos valorizar e reconhecer os bons exemplos do presente, a Direção da Associação de Ciclismo do Minho apresenta à Assembleia Geral a proposta de atribuição à Câmara Municipal de Fafe do título de Sócia Honorária. Além do reconhecimento à Câmara Municipal de Fafe pelo contributo para o desenvolvimento do ciclismo e para a promoção da prática desportiva, a Direção da ACM pretende também homenagear todos os fafenses pela forma hospitaleira como acolhem o ciclismo e pelo apoio, carinho e dedicação à modalidade”.

José Martins - Glória do ciclismo é natural de Golães

Importante freguesia do concelho de Fafe, Golães é a terra natal de José Martins um consagrado ciclista português, premiado com uma carreira internacional assinalável. Ao longo do seu percurso como profissional (1971-1980) envergou as camisolas da Coelima, Canada Dry-Gazelle, Kas-Campagnolo, Teka e Moliner-Vereco, ao serviço das quais obteve destacados resultados: Volta a Portugal/1972 e 1973 (2º e 3º), Volta à Madeira/1974 (1º), Volta à Catalunya/1974 (1º), Volta a Mallorca/1974 (1º), Volta a Aragón/1975 (2º), Volta ao País Basco/1975 (3º), Vuelta à Espanha/1975 (6º), Tour Suisse/1976 (1º Prémio da Montanha) e Tour de France/1976, 1977 e 1978 (12º, 17º e 22º). Golães apresenta-se como uma das freguesias mais extensas, mais povoadas e mais desenvolvidas do concelho de Fafe, situando-se a quatro quilómetros da sede do concelho e estendendo-se encosta fora na margem esquerda do rio Vizela. Como coletividades ativas e atuantes, a comunidade de Golães conta, entre outras, com a prestigiada Banda de Golães.

Propedalar @ 11-5-2017 17:06:01


Últimas notícias